Blog

educação financeira

O que é o Score Serasa e como manter meu nome limpo com ele?

última atualização dia 29 de janeiro de 2021

Depois de um ano marcado pela recessão financeira, aumento na taxa de desemprego e redução de jornada e salários, causados pela pandemia e o lockdown, muitos trabalhadores tiveram que usar as economias, pegar empréstimos e acabaram endividados, com o nome sujo no Serasa ou com o Score Serasa baixo.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Banco Central, o Brasil tem 4,6 milhões de pessoas que não têm como quitar as dívidas. Estar endividado implica diretamente no Serasa Score, e assim, na possibilidade de pegar empréstimos, cartões extras ou fazer financiamentos.

Infelizmente, ficar com o nome vermelho no Serasa é mais normal do que a gente pensa. A realidade da maioria dos brasileiros, principalmente atualmente, é de um momento difícil financeiramente e às vezes não temos opção, a não ser ficar no vermelho.

Mas não há porque se desesperar, existe solução para isso! Se você faz parte do grupo negativado, vamos te dar algumas dicas de como fazer um planejamento financeiro para sair dessa. Caso você não esteja passando por isso, vale a pena dar uma olhada: aprender sobre planejamento nunca é demais. 

O que é o Score Serasa?

O Serasa Score é uma pontuação que indica como são os hábitos de pagamento da pessoa e como ela tende a pagar as contas nos próximos 12 meses. Essa pontuação vai de 0 a 1.000, sendo 0 um mau pagador e 1.000 ótimo pagador.

Para os bancos, quanto mais alto o score da pessoa (verificado pelo CPF), mais chances ela tem de arcar com as suas responsabilidades financeiras. A pontuação leva em consideração:

– o pagamento em dia das contas;

– o histórico de dívidas; 

– o relacionamento financeiro com as empresas;

– dados estão atualizados, entre outros fatores.

As empresas de crédito, empréstimos e financiamentos (bancos e fintechs) usam o Serasa Score para decidir se vale a pena ou não emprestar dinheiro para a pessoa que está requerendo. Lá, eles buscam sobre seus dados, analisam os possíveis riscos e oferecem a opção de crédito ou financiamento mais adequada ao perfil.

Como acessar meu score?

O Score Serasa é totalmente gratuito e para acessar é bem simples.

  1. Acesse o site da Serasa
  2. Clique em “Consultar meu CPF”
  3. Preencha o CPF
  4. Coloque sua senha. Caso não tenha senha, cadastre-se na página para acessar.

Depois desse passo a passo, o seu perfil será liberado para acesso. Lá você vai poder ver sua pontuação. Somente você e as empresas conseguem ter acesso a esses dados.

É possível aumentar meu score?

Sim! O score é dinâmico e muda de acordo com a conduta do consumidor. Ou seja, se seu comportamento muda para melhor, o score também mudará, se for para pior, a pontuação seguirá o mesmo caminho. Por isso, para melhorar seus resultados no Serasa, você deve:

  • Limpar seu nome e mantê-lo limpo
  • Pagar as contas em dia
  • Manter os dados atualizados 

Como faço para manter minhas contas em dia e melhorar minha saúde financeira?

Manter a vida financeira fluindo de forma saudável é difícil? Depende do quanto você se organiza financeiramente. Mas, o fato é que se ela estiver 100%, o Score Serasa deve ficar positivo. Sabemos que nem sempre é fácil lidar com todos os boletos, as taxas e as contas que temos que pagar, por isso o planejamento financeiro é fundamental para isso.

Para te ajudar a sair do vermelho e manter o nome limpo, separamos três dicas que, se colocadas em prática, podem te ajudar muito. Vamos conferir?

  1. Anote seus ganhos e despesas 


Não é à toa que este é nosso primeiro passo. O planejamento financeiro é fundamental para conseguir pagar as contas em dia e ainda ter aquela gordurinha sobrando no fim do mês. Anote tudo! Desde as contas como água e luz, até aquele lanchinho rápido na rua.

Assim, é possível ver o que entra e o que sai, onde você está gastando mais do que deveria e o que pode ser cortado dos gastos para manter o orçamento sob controle.

  1. Tenha uma renda extra

A renda extra é um passo importante para conseguir aumentar a receita no final do mês. Nem sempre dá para colocar esse ponto em prática, mas se no seu caso for possível, vale a pena fazer esse esforço.

Uma das formas mais fáceis e eficazes é: desapegar de alguns objetos que você não usa mais. Além disso, você pode tentar algum emprego extra, como freelancer na sua área.

  1. Empréstimos com juros mais baixos

Nem sempre é possível sair do vermelho só economizando ou com renda extra. Se as dívidas forem altas e os juros mais altos ainda, pode ser que seja necessário uma outra medida: um crédito extra

Geralmente, as pessoas se endividam com créditos pessoais a juros altos, como cartão de crédito e cheque especial. 

Você pode trocar as taxas de juros que está pagando por empréstimos que tenham taxas menores. Dessa forma, você consegue quitar uma dívida e pagar outra com valores menores, o que ajuda no orçamento final.

Mas lembre-se de que esta não deve ser a primeira opção! É preciso pensar com calma, pesquisar bem as possibilidades e assumir mensalidades que cabem no seu bolso, para não acabar com ainda mais dívidas. É necessário ter em mente o que levar em consideração na hora de buscar por um crédito ideal para você.

O mais importante é se planejar, saber escolher suas prioridades e poupar. Seguindo esse passo, você conseguirá colocar seus gastos de volta no caminho certo e sua saúde financeira irá agradecer!